Viajar é viver lentamente uma vida mais rápida, num Mundo onde o tempo não tem importância nenhuma

Autor do blog a fazer o pino sobre a linha do equador 

Quando andamos perdidos, a vagabundear de um lugar para o outro ao sabor do vento, da vontade e do momento, vivemos intensa e saborosamente cada pequeno pedaço, cada pequena história. E eu não conheço outra forma de vida que nos dê tantos pedaços e tantas histórias de uma forma repetida e constante como quando vagabundeamos, onde o dia que sucede ao outro apresenta-nos a monotonia de mais uma novidade.

3 comentários:

Vasco Gaspar disse...

"O Novo Mundo" - Eckhart Tolle

Penso que vai ao encontro do que disseste, assim como de muitas das perguntas que deves ter... ;)

António Matos disse...

Esse titulo é magnifico. Vou colocar no meu blog...

Boas viagens.

Ana Botelho disse...

Você deveria escrever um livro e eu adoraria lê-lo.